Notícias

Safra brasileira cresce para 107 milhões com clima favorável, estima AGR

publicado em 21 de fevereiro de 2017

Agência americana prevê ainda que produção no BR poderá superar 109 mt com chuvas no Sul
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A AgResource elevou as estimativas da produção de soja brasileira para 107 MTs, nessa semana. Relatos dos produtores da maioria do Centro Oeste e Sul do país são bastante otimistas com produtividades acima do recorde de 2010/11 (em torno das 52 sacas/ha para ambas regiões).

As queda dos preços na CBOT é pressionada pela elevada confiança do Mercado em uma safra gigantesca no Brasil. A qual começou com estimativas logo acima de 102 MTs, e agora já prevemos um adicional de 5 MTs devido ao cenário climático favorável durante os últimos meses.

A ARC Brasil acredita que ainda há chances dos números finais brasileiros alcançarem 109 MTs, caso o Rio Grande do Sul volte a receber novas rodadas de chuvas significantes nas próximas semanas. |

Os números oficiais dos fundos mostram que mais posições compradas foram empilhadas durante a semana de 8 a 14 de fevereiro. Fundos não deverão “largar” o mercado de commodity tão cedo.

CHUVAS CONTINUARÃO SOBRE O MT

O fim de semana será marcado por um padrão de chuvas bem leves e irregulares sobre Minas Gerais, São Paulo, sul do Mato Grosso do Sul, Bahia e oeste de Goiás.

O mesmo cenário climático é oferecido para todo o lado sul da Argentina. Por outro lado, chuvas de alta intensidade voltam a cobrir o extremo norte brasileiro.

Para o estado do Mato Grosso, as chuvas continuarão à regar quase toda a região agricultável, com totais mais pesados concentrados ao oeste e regiões distribuídas pelo estado.

Grande parte da região do MATOPIBA também receberá chuvas bastante favoráveis ao desenvolvimento da soja, com excessão do oeste baiano, onde chuvas ficarão restritas ao norte.

As temperaturas ficarão abaixo da média para quase todo o norte do Brasil, com um padrão mais quente sendo oferecido para toda a Argentina e região Sul brasileira.

Fonte: www.noticiasagricolas.com.br

Documento sem título