Notícias

Painel político movimenta a Parecis SuperAgro 2016

publicado em 12 de abril de 2016

????????????????????????????????????

A 9ª edição da Parecis SuperAgro 2016 recebeu na manhã desta terça-feira (12) uma comitiva de políticos mato-grossenses. Encabeçado pelo governador Pedro Taques (PSDB), o grupo participou do painel político: “Novos caminhos para Mato Grosso”.

A feira está sendo realizada no Parque de Exposição Odenir Ortolan, na cidade de Campo Novo do Parecis (380 km de Cuiabá) e se encerra nesta quarta-feira (13). O painel político foi mediado pelo jornalista Heraldo Pereira.

Pedro Taques ressaltou a importância do agronegócio para a economia do Estado – que vive um momento de crise – apontando o setor como o caminho para que Mato Grosso enfrente essa situação. “Mato Grosso está precisando dessa região nesse momento. Não somente dessa, mas como de todas as outras produtivas desse estado”, conclamou.

A respeito da Parecis SuperAgro 2016, o governador apontou o evento como um potencial diferenciado, pois investe em tecnologia e debates importantes para o crescimento do agronegócio. “Essa feira mostra a maneira do desenvolvimento do nosso Estado. No ano passado foram R$ 147 milhões que circularam aqui. Para este ano a previsão é atingir R$ 150 milhões, mostrando o crescimento da feira e o crescimento dessa região e do nosso Estado”, projetou.

Questionado sobre a atual situação da logística existente para escoação da produção, Pedro Taques fez um comparativo de quilômetros pavimentados entre um ano de sua gestão, com os últimos dois anos da gestão passada.

“Em Mato Grosso, nos anos de 2013 e 2014 foram pavimentados 569 quilômetros de estradas. Na nossa administração, somente em 2015 já pavimentamos 554 quilômetros de estrada, portando já fizemos mais em um ano do que foi feito em dois anos da gestão passada”, comparou.
O governador afirmou ter conhecimento da necessidade de se investir em logística, até mesmo para que a produção de Mato Grosso chegue aos polos de comercialização com um valor competitivo. “Para isso criamos o Pró-estrada, que se divide em três áreas: construção, reconstrução e manutenção. Também criamos o Fethab regional, em que teremos R$ 2,7 bilhões, em sete anos, para a pavimentação dessas estradas”, declarou.

A sustentabilidade foi o assunto abordado pelo vice-governador Carlos Fávaro. “Esse é um tema fundamental para um painel que trata dos Novos Caminhos para Mato Grosso. No aspecto mais amplo, temos a sustentabilidade econômica e social, mas é fundamental aqui debatermos especificamente a sustentabilidade ambiental”, ressaltou.

Para isso, ele garantiu que, a partir de maio, todos os processos que tramitam na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) serão analisados no prazo máximo de 60 dias, além isso, afirmou que a pasta será rigorosa quanto ao desmatamento ilegal.

MOMENTO DE ESPERANÇA – O processo de impeachment que tramita na Câmara dos Deputados permeou o debate. O senador Blairo Maggi declarou que, diante da situação de crise, os produtores precisam ser persistentes. Ele ressaltou que não se pode perder a esperança, que a crise será superada.
“Não podemos perder a fé, perder a possibilidade de fazer as mudanças necessárias, o Congresso Nacional está a caminho de fazer isso. Espero que a situação mude para melhorar o ambiente econômico e o ambiente político e todos nós podermos olhar para frente e dizer que achamos o caminho, passando por esse temporal que ai está sem muitas perdas”, declarou.

Da comitiva ainda fizeram parte o senador José Medeiros; os deputados federais Adilton Sachetti e Fábio Garcia; e os deputados estaduais Sebastião Rezende e Wagner Ramos. Também participaram do painel o presidente dos Sistema Famato/Senar, Rui Prado, e o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Seneri Paludo. A abertura do debate foi feita pela presidente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis.

FONTE : ZF Press – Assessoria de Imprensa 

Documento sem título