4ª edição – 2011

MELHOR QUE A ANTERIOR

A Parecis SuperAgro 2011 veio baseada no tripé “Diversificação, Integração e Sustentabilidade”. Numa configuração física diferente das anteriores, o evento agradou também na parte estrutural tanto aos visitantes como aos expositores.

Um dos principais objetivos da Parecis SuperAgro (a busca de alternativas para agregar valor à extraordinária produção regional) ficou evidenciada na 4ª edição.

Na ocasião foi inaugurada a indústria de rações Novanis Animal – tal empreendimento havia sido anunciado na 1ª edição da feira, pelo então secretário Estadual, Luiz Antônio. O lançamento do frigorífico de aves “Frango Natura” também fez parte da programação desta feira.

Isto é, a Parecis SuperAgro 2011 alçou vôos mais consistentes. Passou de fomentadora de negócios a agregadora de valores e incentivadora do desenvolvimento social e econômico da região, por meio da industrialização. Isto, fruto do engajamento dos produtores rurais que deram o sinal positivo à indústria.

Prestigiada por autoridades e personalidades locais tais como o gevernador Silval Barbosa, o deputado federal Homero Pereira e o presidente da Famato, Rui Prado, o prefeito Mauro Valter Berft, entre tantos, a Parecis SuperAgro 2011 trouxe o ex-ministro Alysson Paolinelli e o executivo chinês Lin Tan e outros — que proporcionaram verdadeira aula de conhecimento.

Também agradou inteiramente o público mais específico, os produtores rurais e técnicos, as palestras técnicas sobre diversos temas, como por exemplo, Agricultura de Precisão, Plantio Direto, Armazenagem e outras.

O público foi de 5 mil visitantes, os negócios alcançaram a cifra de R$ 40 milhões.

DADOS | Parecis SuperAgro 2011 – 4ª edição

Data: 19 a 22 de abril de 2010
Realização: Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis | Presidente: Odenir Ortolan
Apoiadores: Prefeitura Municipal de Campo Novo do Parecis, Senar, Famato, Aprosoja, Fundação Mato Grosso.
Expositores: 79 empresas participantes
Número de Visitantes: 5 mil
Negócios: R$ 40 milhões
Coordenadores-gerais: Odenir Ortolan e Antônio de la Bandeira

Documento sem título