Notícias

Convite para a mudança fecha Parecis SuperAgro 2019

publicado em 12 de abril de 2019

Com saldo positivo e entregas sociais, a Parecis SuperAgro 2019 terminou hoje com um convite à mudança: pessoal, social, política. “As pessoas mudam. Quando você identifica o seu propósito e age, a mudança ocorre. Não há atalhos. É preciso disposição para deixar de ser o que você é e ir rumo ao que você quer ser”, provocou o palestrante Gabriel Carneiro Costa, que fechou o evento nesta tarde.

Gabriel é coach, escritor e palestrante internacional. Com o tema “Impacto de um Propósito”, além de inspirar e motivar, sua fala coincidiu com a mensagem central do evento. “Esta feira reflete o empenho e a participação da população de Campo Novo do Parecis. Com todos os desafios que temos, crescemos ano a ano graças à participação e coragem das pessoas”, observou o prefeito municipal, Rafael Machado, no encerramento do evento.

Um exemplo da disposição individual visando um bem maior foi dado pelo produtor rural Celso José Minozzo, que há 42 anos vive na região de Campo Novo do Parecis. Na noite de terça-feira (9), ele arrematou uma fivela comemorativa do Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCan) por quase R$ 10 mil. “É a primeira vez que participo de uma ação social como esta e achei importante porque ajudamos entidades que cuidam das pessoas”, explicou. O gesto ocorreu durante leilão beneficente organizado pela Associação “Abrace Essa Causa”, que levantou aproximadamente R$ 300 mil que serão doados para o HCan e o Centro Hospitalar Parecis.

Organizador da feira, o Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis adicionou à missão institucional de representação de classe o trabalho pela melhoria da qualidade de vida no município e, por consequência, em toda a região do Chapadão do Parecis. “Quando a gente alcança uma conquista, beneficia toda a sociedade, mesmo que de forma indireta”, comenta o presidente do Sindicato Rural, Antonio Brolio.

Outra conquista comemorada na 12ª edição da Parecis SuperAgro foi a garantia dada pela operadora de telefonia celular Claro de lançamento, no segundo semestre, da tecnologia 4G no município. Com uma população de 40 mil habitantes, Campo Novo do Parecis ainda enfrenta dificuldades para se manter conectada. “Atividades rotineiras, como emitir uma nota fiscal eletrônica, podem se tornar muito difíceis”, exemplifica o produtor rural Adolfo Petry.

Petry esteve à frente de uma mobilização de entidades rurais, no ano passado, que buscou alternativas para superar o déficit de conectividade na região do Chapadão do Parecis. À época, compunha a diretoria do Sindicato Rural. “Com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), contratamos consultoria e fomos de porta em porta, em Brasília, para mostrarmos o potencial que nossa região tem. Conseguimos alguns frutos. No início deste ano, Campo Novo recebeu fibra óptica e fecharemos 2019 com 4G”, comemora Petry.

Em sua 12ª edição, a Parecis SuperAgro reuniu até o terceiro dia de evento mais de 15 mil visitantes. Contou com 130 expositores e foi patrocinada pela Aprosoja-MT, Senar-MT, Áster Máquinas e Syngenta. O evento recebeu apoio da Prefeitura de Campo Novo do Parecis, Câmara Municipal e Acrimat. A data da Parecis SuperAgro em 2020 já está definida: será de 31 de março a 3 de abril.

Saiba mais

Campo Novo do Parecis integra a região chamada de Chapadão dos Parecis, que reúne também Brasnorte, Comodoro, Nova Maringá, Nova Marilândia, São José do Rio Claro, Diamantino, Sapezal, e Campos de Júlio. Os nove municípios, juntos, respondem por 20% da produção estadual de soja e 23,5% da produção de milho, segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A região compreende uma área agricultável de 3,13 milhões de hectares de soja, milho e algodão.

Documento sem título